Linhas de Acção


A linha de acção de História, sub-dividida em três áreas temáticas dominantes (Arqueologia, História Medieval e História Moderna e Contemporânea) e com um total de dezanove investigadores, oito dos quais doutorados, integra, de momento, sete projectos colectivos e quarenta e quatro individuais. Nesta linha de acção verifica-se uma forte articulação entre as áreas temáticas de investigação e a formação de pós-graduação ministrada no âmbito de três Cursos de Mestrado, da responsabilidade do Departamento de História, com várias teses concluídas e em curso.

A linha de acção de Sociologia e Antropologia integra presentemente vinte e um investigadores, seis dos quais doutorados. No âmbito desta linha de acção estão em curso doze projectos colectivos e catorze individuais, sendo de salientar a interacção dos projectos em curso com o meio social da região.

A linha de acção de Ciências da Comunicação com dezanove investigadores, três dos quais doutorados, desenvolve um total de cinco projectos de natureza colectiva e onze de carácter individual, que registam, igualmente, uma importante integração nas problemáticas da região em que se insere a Universidade.